Roteiros
Atrativos Culturais


O prazer em conversar com os amigos e festejar, assim como a devoção religiosa e a dedicação ao trabalho. Estes são alguns dos legados dos imigrantes italianos que colonizaram o Vale dos Vinhedos a partir de 1875.

Esta herança pode ser vivenciada no Vale dos Vinhedos através das festas, no bem-receber da comunidade ou na contemplação das pequenas igrejas e dos 20 capitéis localizados ao longo das vias do roteiro. O artesanato, produtos coloniais e mesmo a temática dos ateliês dos artistas plásticos instalados no Vale também fazem referência à esta herança europeia. Explore os atrativos culturais e leve na bagagem mais do que souvenirs deste pequeno museu da imigração italiana no Rio Grande do Sul.

OBS: As opções devem ser verificadas nos empreendimentos, como vinícolas e hotéis instalados no Vale dos Vinhedos. Para visitas tradicionais, necessário agendamento para grupos acima de 15 pessoas. Para eventos especiais, necessário agendamento antecipado independente do número de pessoas.

Memorial do Vinho e Casa do Filó
Localizado na entrada do Hotel Villa Michelon, guarda peças da época da colonização e reconta a história da imigração italiana em painéis e fotos.


Famiglia Tasca
O empreendimento mantém um pequeno memorial, com peças que remetem à vida em família e do trabalho dos primeiros imigrantes que chegaram à região, onde também são comercializados sucos e geleias. 


Atelier Refúgio da Colina
Local onde a artista plástica Claudia Giordani trabalha e expõe suas obras. Os destaques de seu acervo são as peças elaboradas em cerâmica, podendo ser esmaltadas ou não. É possível encontrar peças decorativas assim como utensílios domésticos elaborados no torno da artista.

Artesanato do Vale
Em uma pequena lojinha instalada em uma réplica da casa de imigrantes italianos, a artesã Alice Bragagnollo comercializa souvenirs e peças de artesanato tradicional da região.

Engenho do Vale
O empreendimento comercializa móveis em madeira rústica inspirados nas áreas rurais da Serra Gaúcha. 

Igrejas e capiteis
Com visitação externa, as cinco pequenas igrejas localizadas no Vale dos Vinhedos foram construídas com inspiração arquitetônica dos santuários italianos e frequentadas pelas comunidades desde a época da imigração. Já os mais de 20 pequenos capitéis em homenagem aos santos de devoção dos antigos imigrantes são mantidos pelos moradores e localizam-se ao longo das vias que cortam o Vale dos Vinhedos.

Festas e filós
Ao longo das quatro estações do ano, é possível participar das tradicionais festas de comunidade existentes no Vale dos Vinhedos, ou ainda participar dos filós oferecidos aos visitantes pelos empreendimentos da rota. O filó recupera as tradições dos imigrantes italianos, que cantavam e jogavam enquanto degustavam do vinho e da culinária típica da região. Verifique a programação antecipadamente e programe-se.



Voltar