Notícias
31.05.2012 Um filó italiano como nos velhos tempos


Hotel Villa Michelon mantém viva uma tradição que remonta a época dos imigrantes. Visitantes se divertem com moradores do Vale ao embalo de canções italianas, alegria e produtos coloniais


Eles vão chegando de todas as partes. Alguns integram o coral, outros são do grupo que joga cartas. Tem também as mulheres da dressa, aquela trança de palha utilizada para fazer chapéus e bolsas, e o Seu Remy, o responsável pela reza. Conforme a noite vai chegando, eles aparecem na Casa do Filó, onde o fogão à lenha já está aceso com os pinhões na chapa à espera de histórias. Assim é o filó italiano no Hotel Villa Michelon, no Vale dos Vinhedos. Como nos velhos tempos, o encontro vai ser revivido neste sábado, 2, em celebração ao Dia do Vinho, reunindo comunidade, hóspedes, turistas e a imprensa. E, é claro, o brinde será regado a vinho.

A tradição se repete todos os anos, uma vez durante a vindima e outra às vésperas do inverno. Os contatos com cada comunidade, os preparativos para a mesa farta, tudo é acompanhado de perto pelo seu idealizador, Moysés Michelon, diretor do hotel. Com mais de 80 anos e uma disposição de tirar o fôlego, Michelon dedica grande parte de seu tempo promovendo ações para preservar a cultura regional. O filó italiano é apenas uma delas.

Quando a casa já está cheia inicia a reza, levada muito a sério tamanha é a religiosidade na região. Mas logo em seguida a alegria toma conta. Enquanto o coral entoa canções italianas, os homens jogam baralho ou ‘mora’ e as mulheres dançam, fazem dressa e conversam. Tudo isso com uma mesa farta, coberta com pães caseiros, cucas, grostoli, queijo, copa e salame e, é claro, um bicchiere di vino.

A Casa do Filó, onde acontece o evento, é um espaço de convivência que relembra e cultiva os encontros sociais do início da colonização, retratados através de fotos históricas, utilidades domésticas, instrumentos de trabalho, quadros e objetos de época. Ela está localizada ao lado do Memorial do Vinho, no Complexo Turístico do Villa Michelon. Interessados em participar do Filó Italiano podem adquirir o ingresso no hotel pelo valor de R$ 25 por pessoa.

Fotos: Gilmar Gomes





Voltar