Notícias
31.08.15 Spa do Vinho, no Vale dos Vinhedos, sedia Baile Imperial no dia 5 de setembro


Inspirado nas luxuosas festas da Corte Imperial, Baile de Máscaras celebra o feriado da Independência do Brasil em grande estilo. Evento também lançará novo vinho da D.O. Vale dos Vinhedos

Vivenciar a experiência única de estar em um luxuoso Baile Imperial com direito a banquete, alta gastronomia, figurino típico e trilha sonora original do século XIX. É com essa proposta que o Spa do Vinho realiza no próximo sábado, 5 de setembro o seu tradicional Baile Imperial. Inspirado nas grandiosas festas da corte portuguesa, o evento celebra o feriado da Independência em grande estilo. “Resgatamos em detalhes a atmosfera do período imperial para que os convivas sejam transportados para o século XIX. É uma experiência absolutamente sensorial, que nos permite conhecer um pouco mais da história e dos costumes daquela época, que apesar de tão importante do ponto de vista da história do nosso país, é muito pouco celebrada. É história viva, acontecendo diante dos nossos olhos”, revela a sócia-diretora do Spa do Vinho, Deborah Villas-Bôas Dadalt.

O Baile começa às 20h30min. Trombetas irão anunciar o seu início com a chegada da Corte em trajes de época. Já na entrada, os participantes serão presenteados com máscaras em couro características da época e poderão dançar valsas e minuetos, sendo embalados pela Orquestra Imperial. Ao som de Ópera, um grandioso Corpo de Baile reviverá acontecimentos marcantes do processo da Independência. Além do espetáculo, será possível degustar iguarias autênticas daquele tempo, como Tillapini, Bacalhau, Faisão e Stinco de Cordeiro, em cinco pratos assinados pelos chefs Felipe Pinelli e Evandro Comiotto. O banquete é harmonizado unicamente com vinhos brasileiros e todos os anos sedia o lançamento de um novo rótulo premium. Este ano será a vez do legítimo Merlot VE 2011, representante da D.O. Vale dos Vinhedos e elaborado pelo Condomínio Vitivinícola do Spa do Vinho em parceria com a Vinícola Miolo. Este vinho se tornou objeto de colecionadores por que é elaborado apenas em excelentes safras, em quantidades reduzidíssimas e ainda conta com a assinatura do enólogo Adriano Miolo. O VE 2011 será vendido unicamente dentro do Spa do Vinho, ao preço de R$ 170,00 a garrafa.

Além do Baile, o Spa do Vinho oferece pacotes que estendem a “experiência imperial” por todo o feriado. De 5 a 7 de setembro, uma intensa programação oferece aulas de Danças da Corte, degustações orientadas na Adega, jantares harmonizados à Luz de Velas no Leopoldina Restaurante, Feijoada na Senzala no sábado, Brunch da Casa Grande no domingo, trilhas entre os parreirais e visitas às vinícolas do Vale dos Vinhedos. E claro, os aclamados programas de tratamentos vinoterápicos no Spa, voltados para o relaxamento e o rejuvenescimento através dos polifenóis da uva. Um feriado para realmente viajar...no tempo!
Reservas podem ser feitas pelo telefone (54) 2102-7200(54) 2102-7200 ou pelo email reservas@spadovinho.com.br.

Mais sobre o Spa do Vinho
Localizado em Bento Gonçalves, no coração do Vale dos Vinhedos, na Serra Gaúcha, o Condomínio Vitivinícola Spa do Vinho possui luxury-hotel membro do selo Autograph Collection by Marriott International  e reúne o que há de melhor em hospedagem, alta gastronomia, saúde e lazer. Destaque ainda para o Spa Vinoterápico integrante do complexo, que oferece uma completa programação de tratamentos corporais e terapias faciais naturais, destinadas à revitalização, rejuvenescimento e relaxamento.  Outras informações e também os convites para o baile podem ser adquiridos através da fanpage do hotel: https://www.facebook.com/hotelespadovinho?fref=ts

Denominação de Origem
Única região do Brasil com Denominação de Origem (DO) de vinhos, o Vale dos Vinhedos responde por 17% da produção nacional de vinhos finos e 12% dos espumantes verde amarelo. Com a DO Vale dos Vinhedos, o limite de produtividade para os vinhos tanto para tintas quanto para brancas é de 2,5 kg por planta. Para espumantes a quantidade é de 4 kg de uva por planta.

A DO também estabelece que toda a produção de uvas e o processamento da bebida sejam realizadas na região delimitada do Vale dos Vinhedos. As regras de cultivo e de processamento são criteriosas com padrões de qualidade que certificam os produtos somente após comprovada a origem da matéria-prima: 100% da uva deve ser procedente da área demarcada. Também precisam ser aprovados nas análises físico-químicas e na avaliação sensorial (degustação às cegas), realizada pelo Comitê de Degustação, composto por técnicos da Embrapa, técnicos de associados da Aprovale e da Associação Brasileira de Enologia (ABE).



Voltar