Notícias
17.03.16 Vale dos Vinhedos recebe comitiva de produtores de Cachaça de Paraty


Encontro permitiu a troca de experiências e conhecimentos entre as Indicações Geográficas

O Vale dos Vinhedos continua a receber os mais diversos grupos e pesquisadores para visitas técnicas e troca de conhecimento. São grupos provenientes de localidades com produtos diferenciados e potencial turístico que buscam informações sobre a Indicação Geográfica, bem como sobre a experiência e o trabalho desenvolvido ao longo de 21 anos pela Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos – Aprovale.

Na manhã de hoje, 17 de março, foi a vez de recepcionarmos 22 produtores de Cachaça de Paraty – Rio de Janeiro. Acompanhados por técnicos do Sebrae e Secretários do Município de Paraty,  conheceram a sede da Aprovale, e em conversa descontraída com o Consultor Técnico da entidade, Jaime Milan, puderam conhecer a experiência do Vale dos Vinhedos com a Denominação de Origem e a atividade turística aqui desenvolvida.

Os produtores, dentre vários assuntos, debateram com o consultor da Aprovale as dificuldades e vantagens para a região produtora após o reconhecimento como Indicação Geográfica. Também atentaram-se aos detalhes da transição entre Indicação de Procedência e Denominação de Origem ocorrida no Vale dos Vinhedos, visto que Paraty tem por objetivo solicitar o reconhecimento de sua região como Denominação de Origem.

Além de conhecer a sede da Aprovale, o grupo realizou visitas técnicas à diversos empreendimentos regionais. Também tiveram encontro com a Embrapa Uva e Vinho e com representantes das entidades Aprobelo (Vinhos de Monte Belo do Sul, também Indicação Geográfica) e Asprovinho (Vinhos de Pinto Bandeira, também Indicação Geográfica).

O grupo segue realizando visitas às rotas turísticas da Serra Gaúcha nos próximos dias.

Cachaça de Paraty

Acredita-se que a cachaça seja produzida em Paraty desde 1600. Pioneira na produção de aguardente de cana, Paraty foi a mais importante região produtora de pinga no Brasil Colônia. Sua importância socioeconômica foi tão grande, desde 1700, que acabou tendo seu próprio nome (Paraty) como sinônimo de aguardente até meados do século XX. Atualmente são 7 alambiques produtores na região.

A Cachaça de Paraty recebeu reconhecimento como Indicação Geográfica pelo INPI em 2007. Desde então, é exclusivo às pingas desta localidade o uso do nome Cachaça de Paraty, seguida da expressão "Indicação de Procedência", se estas seguirem as regras estipuladas em regulamento.

Denominação de Origem Vale dos Vinhedos
O Vale dos Vinhedos é pioneiro na Denominação de Origem de vinhos no Brasil, estampando a identidade e a qualidade dos vinhos elaborados no roteiro para o restante do mundo. A DO foi conquistada em setembro de 2012.

Para obter a DOVV, as vinícolas associadas devem elaborar vinhos finos, como tintos, brancos e espumantes, com requisitos específicos, detalhados pelo Regulamento de Uso e pelas Normas de Controle da IG. As regras dizem respeito à aspectos como a produtividade máxima obtida pelos vinhedos; das variedades de uvas e a forma como elas devem ser processadas na elaboração das bebidas.

Foto: Naiára Martini



Voltar