Notícias
14.04.16 Vale dos Vinhedos homenageia o povo indígena e a natureza através de exposição


Fotografias e esculturas estarão expostas na sede da Aprovale durante o mês de abril

Homenagear a natureza e a origem do Brasil: este é o objetivo das exposições fotográfica e de esculturas que embelezarão a sede da Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos - Aprovale durante o mês de abril, período em que se comemora o Dia do Índio.

Os artistas escolhidos para abrir a série de exposições que movimentará o cenário cultural do Vale dos Vinhedos em 2016 são Lylian Cândido e Vagner Perondi. Os artistas estão unidos em fotos e esculturas que se complementam e exaltam o poder da natureza e a ligação com a terra.

Nomeadas como “Crianças Kaingang” e “Faces da Floresta”, a exposição é composta por 13 fotos selecionadas que dividem espaço com 8 esculturas feitas em nó de pinho, granito e basalto.

As obras poderão ser apreciadas durante todo o mês de abril na sede da Aprovale – Centro de Atendimento ao Turista do Vale dos Vinhedos. O espaço fica aberto à visitação de segunda a sexta, das 09h às 17h. Finais de semana e feriados, das 09h às 12h30min e das 13h30min às 16h. A visitação é gratuita.

A exposição inaugura oficialmente a Aprovale Cultural, selo que objetiva evidenciar a cultura em suas mais diversas facetas, aproximando os mais diversos públicos. A ação conta com o apoio da Triângulo da Produção Cultural, representada por Lenise Miorando.

Sobre os artistas e suas obras
Lylian Cândido busca, através da fotografia, exaltar a beleza, a simplicidade e a inocência das crianças indígenas, em sua exposição denominada “Crianças Kaingang”.

Por volta do ano de 2001, um grupo de indígenas desta tribo saiu de Nonoai em busca de um local onde estavam enterrados os umbigos de seus antepassados. Numa outra realidade, instalaram-se as margens da RS 130, em Lajeado. As imagens captadas por Lylian são o resultado da convivência com estes índios, desde 2006. Hoje este povo reside na Terra Indígena Foxá, Jadim do Cedro.

A mesma ligação e respeito à natureza é apresentada na exposição “Faces da Floresta”, do artista bento-gonçalvense Vagner Perondi. As obras esculpidas em nó de pinho são o testemunho silencioso da devastação florestal. Representam a floresta morta retornando a vida através de rostos esculpidos que observam o observador. Em um trabalho dedicado, o artista recolhe nós de pinho e faz emergir rostos enigmáticos, por vezes agonizantes, assustados, cujo nascimento é o resultado irônico do findar de um vida, visto que o nó de pinho apenas pode ser extraído de uma árvore morta.

Aprovale Cultural
A Aprovale Cultural é uma ramificação da Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos, cujo objetivo é trabalhar  nos mais diversos nichos culturais, sempre aproximando a comunidade e os visitantes através de atividades diferenciadas que exaltem as produções artísticas. A sede da Aprovale, localizada no acesso principal ao Vale dos Vinhedos, será o ponto central das atividades. Serão oficinas de contação de história com artistas e moradores locais, encontros entre jovens e idosos para troca de experiências, exibições de vídeos, exposições artísticas, intervenções culturais, oficinas, além da futura instalação de uma biblioteca comunitária.

O lançamento oficial do selo Aprovale Cultural acontecerá na segunda-feira, dia 18 de abril, na sede da Aprovale, às 18h30min. O evento contará com a presença dos artistas da exposição, Diretoria Executiva e Conselho Superior da Aprovale e convidados.

Fotos: Naiára Martini



Voltar