Notícias
12.05.16 Empresários associados a Aprovale se reúnem para discutir a segurança no distrito


Segurança da comunidade e turistas foi o tema do encontro

36 empresários do Vale dos Vinhedos se reuniram na noite de segunda-feira, 9, para debater a segurança no Vale dos Vinhedos. A motivação para o encontro foi a série de ocorrências de assaltos no distrito nos últimos dias e a possibilidade de mobilização conjunta para maior segurança da comunidade e visitantes do Vale dos Vinhedos.

Os participantes abriram o encontro relatando suas experiências em termos de investimento em segurança e oferecendo ao grupo sugestões de ações que poderão proteger o distrito. Segundo o presidente da Aprovale, Márcio Brandelli, uma mobilização entre poder público e privado está acontecendo em torno da possibilidade de instalação de câmeras de monitoramento em pontos estratégicos do distrito, o que possibilitaria, através de tecnologia avançada, rastrear veículos e identificar sua situação junto aos órgãos responsáveis, bem como identificar possíveis suspeitos e prevenir ações violentas.

“A fragilidade na segurança pública fez com que o Vale dos Vinhedos investisse em segurança privada. Temos no roteiro mais de R$ 150 mil investidos nesta proteção. Quando o visitante entra em uma vinícola, já está sendo monitorado. Mas nossa preocupação vai além disso. Queremos a proteção total do Vale dos Vinhedos, desde as estradas até as empresas, para que todos que aqui passam estejam seguros.”, reforça Márcio Brandelli.

A Aprovale já possui um histórico de ações voltadas a segurança no Vale dos Vinhedos. Dentre as s mais importantes estão a doação de um veículo Gol para a Brigada Militar, e a cedência de três residências e um posto de controle para abrigo dos policiais militares em atuação no distrito.

O próximo passo previsto pela Aprovale é a reunião entre representantes da entidade, subprefeitura, Associação Comunitária, entidade representativa do empresariado e o Comando da Brigada Militar para debate em conjunto a respeito de maneiras de apoiar e auxiliar esta instituição no implemento da segurança local.




Voltar