Notícias
19.01.17 Vale dos Vinhedos bate recorde de visitantes em 2016


Ano foi de aumento do turismo interno e busca por experiências

O Vale dos Vinhedos é um destino diferenciado de turismo no Brasil. País de clima tropical onde as praias são a grande atração tanto para público nacional quanto para estrangeiros, o enoturismo - o turismo do vinho - é novidade e surpreende.

Berço da vitivinicultura no Brasil, a Serra Gaúcha cultiva a uva e elabora o vinho desde a chegada dos primeiros imigrantes italianos, por volta de 1875. A atividade que passou de geração para geração, teve sua origem na elaboração artesanal para consumo próprio, desenvolvendo-se até o surgimento de vinícolas que conquistaram mercados, algumas delas com renome internacional.

A curiosidade envolvendo a elaboração deste produto requintado – o vinho – em terras brasileiras, incentivou também o desenvolvimento da atividade turística, permitindo que pequenas e grandes vinícolas abrissem suas portas para um novo nicho de mercado. Por volta de 1995 a atividade passou a se profissionalizar, e de maneira crescente o Vale dos Vinhedos passou a diversificar sua oferta, qualificar sua mão de obra e conquistar seus visitantes com experiências ao longo das quatro estações do ano.

Em 2016 o Vale dos Vinhedos chegou ao ápice, registrando mais um recorde no número de visitantes recebidos. Foram 410.149 visitantes contabilizados de 01 de janeiro a 31 de dezembro de 2016. Visitantes estes que puderam vislumbrar ao longo dos quase 50 km de estradas, mais de 60 empreendimentos variados além de paisagens estonteantes bordadas por videiras.

Segundo os dados coletados, este número representa um aumento de 3% em relação a 2015, quando o roteiro também quebrou o recorde anterior, com 397.529 visitantes. O perfil de visitantes abrange casais e pequenos grupos familiares ou de amigos, que visitam a rota com carro próprio ou alugado. A maioria proveniente da grande Porto Alegre, seguida pelos estados de São Paulo, Santa Catarina, Paraná, Rio de Janeiro e grandes capitais. O aumento do número de estrangeiros também foi significativo. Alemanha, China, Rússia, EUA, França, Inglaterra, Argentina e Uruguai foram alguns dos países registrados. O período de maior fluxo de 2016 foi o de inverno - junho a agosto - quando a rota recebeu mais de 135 mil visitantes. O período de Vindima vem em seguida – janeiro a março - com mais de 87 mil visitantes.

A Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos realiza a medição do fluxo de visitantes no Vale dos Vinhedos desde 2001. Ao longo de 16 anos em que o fluxo é registrado, o Vale recebeu mais de 3 milhões de pessoas, que buscam além das visitas tradicionais que mostram o processo de elaboração do vinho, as experiências diferenciadas oferecidas pelos atrativos.

Atualmente o Vale está em plena Vindima 2017, quando espera receber cerca de 140 mil visitantes até março.



Voltar