Notícias
04.01.17 Vale dos Vinhedos se prepara para mais uma Vindima


A colheita da uva é a época mais esperada do ano. Somente neste período o Vale dos Vinhedos espera receber mais de 90 mil visitantes.

A colheita da uva é mais do que uma simples safra de um fruto em nossa região. Na Serra Gaúcha a Vindima é um momento de celebração e homenagem aos antepassados imigrantes italianos, que tinham no cultivo das videiras e na elaboração do vinho a sua subsistência. Mais do que isso, o cultivo da uva e a elaboração do vinho eram motivo de união entre as famílias, sinônimo de vitalidade, de renovação, festa e esperança.

Passados 142 anos da chegada do primeiro imigrante italiano no Vale dos Vinhedos, a tradição se mantém tanto na colheita, quanto na elaboração do vinho e nos festejos que envolvem este processo. O vinho por aqui continua unindo famílias, sendo a principal bebida nos momentos de festa e por vezes alento nos dias que não são tão bons. Mas a atividade continua sendo principalmente o sustento de mais de 400 famílias e o gerador de mais de 2000 empregos diretos e indiretos.

É verdade que por aqui se vive a Vindima o ano inteiro, afinal a videira dispensa de atenção nas quatro estações do ano, mas o momento de acarinhar os cachos que originarão os vinhos da safra é único, vivido por todos com muito entusiasmo. Por isso, com muita ansiedade, comunidade, viticultores, vinicultores e visitantes se unem nesta celebração da colheita, que em 2018 oficialmente acontecerá de 18 de janeiro a 18 de março.

Expectativas para a safra 2018 no Vale dos Vinhedos

Os amantes do vinho já sabem: a colheita da uva é a colheita das joias que originarão os vinhos da safra. Ali naqueles cachos de uva estão às expectativas geradas ao longo de um ano inteiro de trabalho no campo e são elas as responsáveis pelos sabores, aromas e experiências obtidas em cada taça de vinho ou espumante. Elas carregam em seu DNA as características climáticas e de solo de cada parcela de terra desta região, mas principalmente o saber fazer de quem vive por aqui. Isto qualifica todos os vinhos como únicos em qualquer pedacinho do Vale.

Segundo o Diretor Técnico da Aprovale e Presidente do Conselho Regulador da Indicação Geográfica Vale dos Vinhedos, o enólogo Daniel de Paris, ainda é um pouco cedo para termos certeza pois dependemos da natureza, mas tudo indica que a safra 2018 será muito boa. “Uma safra de uvas com teor de açúcar elevado, acidez equilibrada, taninos de uvas maduras e de boa qualidade que originarão vinhos aptos para o envelhecimento. Se tudo continuar correndo bem, teremos merlots fantásticos, chardonnays de excepcional qualidade, oriundos de uma safra espetacular.”

Conhecido mundialmente como uma das principais regiões produtoras de vinho no mundo e referência em enoturismo no Brasil, o Vale dos Vinhedos também é a única Denominação de Origem de Vinhos do país. Com regulamento bastante específico, apenas vinhos que se destacam pela qualidade e tipicidade podem carregar esta distinção. Daniel destaca que os consumidores podem esperar grandes vinhos da safra 2018 no Vale dos Vinhedos de uma maneira geral, e muitos destes aptos a pleitear a Denominação de Origem. “O consumidos pode esperar vinhos de excepcional qualidade elaborados no Vale dos Vinhedos. Vinhos com todo o diferencial que a região oferece, que carregam consigo todo o amor, empenho e trabalho de cada agricultor, vinicultor e enólogo.”

O Vale dos Vinhedos apresenta a programação para a Vindima 2018

Este momento tão importante por aqui nunca passa em branco. Os mais de 50 empreendimentos voltados ao enoturismo, o turismo do vinho, se preparam para receber o visitante com diversas experiências inesquecíveis, inspiradas na colheita da uva.

O destaque da programação são as festas de colheita, que colocam o visitante em contato direto com o processo e relembram as tradições antigas da pisa da uva, processo utilizado pelos primeiros imigrantes italianos na elaboração do vinho e o merendin, um lanche farto com ingredientes regionais servido nos parreirais. Piqueniques, cursos de degustação e harmonização continuam no cardápio desta festa, acompanhados pelas degustações verticais e harmonizações com vista para os parreirais, apresentando o vinho e sua versatilidade nas mais diversas propostas.

Complementam a programação eventos esportivos como a Maratona do Vinho e a La Sfida Vindima. Mas a grande alegria deste período é poder presenciar o processo de colheita no dia a dia do Vale dos Vinhedos: entre uma visita e outra a uma vinícola ou agroindústria, uma refeição em um dos restaurantes e aproveitando a infraestrutura dos meios de hospedagem, poder sentir o aroma da uva no ar, ver os tratores e a comunidade em meio as videiras e o verde da nossa paisagem contrastando com os tons variados de vinho dos cachos de uva, é sem dúvidas o grande diferencial do período.

A programação oficial da Vindima no Vale dos Vinhedos pode ser acessada no site www.valedosvinhedos.wordpress.com/vindima2018



Voltar